Análises Clínicas, para quê?

Os exames complementares de diagnóstico, onde as análises clínicas se encaixam, têm como objetivo (como o próprio nome indica) complementar o exame realizado pelo clínico para obter um diagnóstico rigoroso.

Quanto mais rigoroso for o diagnóstico, mais ajustada será a terapêutica a implementar.
Apresentamos aqui alguns exemplos de análises e o interesse da sua determinação:

Hemograma
É uma das técnicas laboratoriais que mais informações proporcionam, permite avaliar as 3 séries hematopoiéticas. A sua correta interpretação permite diagnosticar anemias (série rubra), infeções ou leucemias (série branca) e alterações da coagulação (plaquetas).

Plaquetas
São elementos produzidos na medula óssea cujo papel fundamental é a sua participação na hemóstase. Esta tem a finalidade de manter a fluidez do sangue (evitar tromboses) e impedir a saída de sangue dos vasos (evitar hemorragias).

Velocidade de Sedimentação
Varia com a concentração plasmática das proteínas implicadas na inflamação.

Glucose
Diagnóstico de distúrbios do metabolismo dos carbo-hidratos, nomeadamente da diabetes.
As consequências da diabetes não controlada podem ser devastadoras com complicações cardiovasculares, renais, oculares e até do SNC e periférico.

Colesterol e Triglicerídeos
Têm múltiplas funções biológicas (armazenamento de energia; formação de membranas; regulação imune vascular e nervosa; percursores de hormonas esteróides; transporte de vitaminas lipossolúveis- A, D, E e K).
Do ponto de vista clínico, o interesse destes reside na sua associação com alterações vasculares – aterosclerose.

Creatinina
Catabolito da creatina muscular é eliminada exclusivamente pelo rim por filtração.
O seu doseamento é o melhor critério de avaliação da filtração glomerular.

Ureia
É o principal produto final do metabolismo das proteínas. É predominantemente controlada pelos rins através da reabsorção e filtração.
Principal indicador de insuficiência renal.

Transaminases e GGT
Indicadores da lesão e função hepática.
A lesão ou aumento da permeabilidade do hepatócito ou a necrose celular levam à libertação das enzimas, aumentando a sua concentração a nível plasmático. Diagnostica doenças hepatobiliares (hepatites víricas ou medicamentosas, cirrose, obstrução aguda das vias biliares, etc.)

Urina
O exame sumário da urina fornece uma ampla variedade de informações úteis no que concerne a doenças envolvendo os rins e o trato urinário inferior.

Exame Bacteriológico
Permite identificar a bactéria responsável pela infeção e a sua resposta a diferentes antibióticos (se é sensível ou resistente).

Escrito por: Teresa Costa

Testes Serológicos Anticorpos IgM e IgG

Testes Serológicos Anticorpos Covid-19 Clínicas CMP

 

O que são os testes serológicos e para que servem?

Testes serológicos em colheita de Sangue. Permitem detetar a presença de anticorpos específicos para SARS-CoV-2 no organismo. A presença destes anticorpos revela se a pessoa teve contacto com o coronavírus, permitindo identificar se houve infeção em assintomáticos ou com sintomas leves ou com testes negativos anteriores, e acompanhar a seroconversão do paciente infetado.

Quem deve fazer?

Segundo orientações gerais, da Direção-Geral de Saúde (DGS), os testes de anticorpos deverão ser realizados em:
– Pessoas que apresentaram sintomas de SARS-CoV-2, mas que não tenham sido submetidos ao teste de pesquisa de SARS-CoV-2 na nasofaringe;
– Pessoas com alta suspeita clínica para Covid-19, mas com resultado negativo neste teste;
– Pessoas assintomáticas que possam, ou não, ter tido contacto com doentes Covid-19 confirmados.

Quem pode fazer o teste serológico?

– Todas as pessoas que contactaram com doentes COVID-19 confirmados;
– Pessoas que tiveram sintomas respiratórios anteriores à entrada em Portugal do 1º Caso registado de COVID-19.

Determinação Simultânea de Anticorpos das Classes IgG E IgM permite:

Segundo estudos realizados as IGM aparecem no organismo 5 dias após a infeção. A avaliação síncrona das 2 classes de anticorpos permite:
– Detetar se as pessoas assintomáticas estiveram, ou não, em contacto com doentes COVID-19;
– Avaliar a presença de anticorpos de pessoas que tiveram contacto com doentes COVID-19 confirmados, após período de quarentena de 14 dias;
– Avaliar a resposta imunológica do indivíduo após uma infeção aguda por SARS-CoV-2.

Texto pela Dra. Teresa Costa

 

Faça a sua Marcação Aqui!

COVID-19 Drive Thru – Centro de Rastreio

Centros Covid-19 no distrito de Aveiro

Centros Covid-19 no distrito de Aveiro

O Laboratório de Análises Clínicas do Centro Médico da Praça foi licenciado para 5 Centros Covid-19 no distrito de Aveiro.

A partir de 27 de Abril o Laboratório de Análises Clínicas do Centro Médico da Praça ficou formalmente autorizado pela Direção Geral de Saúde a receber utentes do S.N.S. para diagnóstico por RT/PCR do Vírus SArs-Cov-2.

Após um complexo processo de acreditação da nova técnica laboratorial, junto do Instituto Dr. Ricardo Jorge (I.N.S.A.), foi possível a submissão do alargamento da Convenção junto da A.R.S. Norte.

Iniciamos a prestação em S.J.M. nas instalações da Oliva Creative Factory com sistema de Drive Thru com marcação através do Telf. 256 830 700, em parceria com a Câmara Municipal de S. João da Madeira.

Estão já autorizados quatro novos locais, nas cidades de Sta. Maria da Feira (Fiães), em Vale de Cambra, Ovar e Aveiro com abertura nas seguintes datas:

  • EM FUNCIONAMENTO
    São João da Madeira – COVID-19 Drive Thru
    Local: Oliva Creative Factory
    Parceria com Câmara Municipal de S. João da Madeira
  • EM FUNCIONAMENTO
    Sta. Maria da Feira – COVID-19 Drive Thru
    Local: Freguesia de Fiães – Pavilhão Desportivo Fiães
    Parceria com Câmara Municipal de Sta. Maria da Feira
  • EM FUNCIONAMENTO
    Ovar – COVID-19 Drive Thru
    Local: Parque das instalações da Clínica CMP Ovar
  • EM FUNCIONAMENTO
    Vale de Cambra – COVID-19 Drive Thru
    Local: Instalações da Clínica CMP Vale de Cambra
  • EM FUNCIONAMENTO
    Aveiro – COVID-19 Drive Thru
    Local: Instalações do Centro Clínico de Aveiro

Todas as informações e marcações estarão disponíveis pelos contactos gerais das Clínicas CMP, ou pelo site institucional permitindo todos os esclarecimento necessários.

Todos os utentes têm de possuir prescrição médica ou credencial do S.N.S. para a realização do exame.

O Laboratório de Análises Clínicas do Centro Médico da Praça para além do diagnóstico por RT/PCR do Virus SArs-Cov-2, disponibiliza a partir da próxima segunda feira dia 4 de Maio, o diagnóstico dos Anticorpos IgG e IgM por técnica Imunológica, para a deteção da Imunidade, dos utentes contaminados ou assintomáticos.

Procalcitonina

A Procalcitonina é considerada um marcador de ajuda precoce na avaliação do risco de pacientes com Infeções respiratórias.

A sua monitorização determina precocemente o risco de infeção secundária. A Procalcitonina (em conjunto com outros marcadores, como a PCR) é habitualmente usado para avaliar o risco de infeção bacteriana e a progressão para doença severa.

Em pacientes com suspeita confirmada de Infeção respiratória, a PCT é um marcador de decisão para o inicio de antibioterapia (recomendando-se esta em doentes com PCT>0.25 ug/L)

Estudos recentes indicam que também é um marcador valioso na corrente pandemia por COVID-19, identificando os pacientes de baixo , ou alto risco de coinfeção. De acordo com alguns relatórios em pacientes COVID positivo; a PCT>0.5ug/L revela um aumento de 5 vezes o risco de infeção severa, contrariamente aos pacientes com PCT<0.5.

Assim sendo,este marcador é recomendado como informação adicional tanto na admissão dos doentes com suspeita COVID, como na sua monitorização ao longo da doença, permitindo assim agir atempadamente na avaliação do risco de coinfeção bacteriana que pode levar a doença severa e sepsis.

COVID-19 – Alimentação Saudável para as Crianças

A pandemia por COVID-19 já tem importantes implicações humanas e sociais no quotidiano de cada português.

A alimentação na infância tem um papel determinante no crescimento e desenvolvimento das crianças e é neste período que se moldam os nossos gostos e preferências alimentares e que programamos a nossa saúde futura.

Em Portugal, 29.6% das crianças entre os 6 e os 9 anos têm excesso de peso, incluindo obesidade. Nos últimos anos, houve um decréscimo desta tendência, e só iremos conseguir manter esta tendência decrescente se formos todos agentes promotores da alimentação saudável, nomeadamente nestes momentos em que as crianças passam mais tempo em casa.

Regras para uma alimentação saudável nas crianças:

 

1. Coma mais fruta e hortícolas
Comer fruta e hortícolas nas quantidades necessárias é a regra de ouro da alimentação saudável. Coma sopa no início das refeições principais e 2 a 3 peças de frutas por dia.

 

 

 

 

 

2. Beba mais água do que bebidas açucaradas
As bebidas açucaradas (refrigerantes) são um dos produtos alimentares que mais contribuem para a ingestão de açúcar nas crianças adolescentes. Reduza o consumo destas bebidas. Promova em alternativa o consumo de água nas crianças é fundamental para uma alimentação saudável.

 

 

 

 

 

3. Evite os snacks hipercalóricos, ricos em sal, açúcar e gordura
A estratégia mais eficaz para evitar o consumo excessivo destes produtos alimentares é seguramente não comprar e substituir estes alimentos por outros mais saudáveis, mas saborosos à mesma.

 

 

 

 

 

4. Leite e derivados todos os dias mas na dose certa
São fonte de nutrientes essenciais como o cálcio e outros minerais e vitaminas. A quantidade diária não deve ultrapassar a 400-500 ml. Leia os rótulos e compare, e escolha os lácteos com menos açúcar, preferindo iogurtes sem aromas ou sem pedaços de fruta. A fruta pode ser adicionada em casa.

 

 

 

 

 

5. Faça uma alimentação completa, variada e equilibrada, seguindo os princípios da roda dos alimentos
Devemos incentivar as crianças a comer alimentos de cada grupo da Roda dos Alimentos e a beber água diariamente. Devem comer em maior quantidade alimentos dos grupos com maior dimensão e em menor quantidade alimentos dos grupos mais pequenos. Lembre-se que o pescado, é uma das melhores fontes de iodo na nossa alimentação e a ingestão da quantidade correta assegura um adequado desenvolvimento cognitivo.

 

 

 

6. Chame os seus filhos para ajudar a cozinhar, é uma maneira deles aprenderem
Neste período, em que muitas vezes não sabemos o que fazer com os nossos filhos, há determinadas oportunidades que surgem para nos cultivar. Use este tempo, para ensinar os mais novos a cozinhar de forma saudável! É uma aprendizagem para a vida.

Covid-19: Grupo de Clínicas CMP

O Grupo de Clínicas do Centro Médico da Praça, na qualidade de estrutura de Saúde, com o sentido de responsabilidade e de solidariedade, na pandemia do Covid-19, que se instalou a nível Mundial, e em particular no Norte do Distrito de Aveiro, onde possuímos Clínicas, Serviços com Meios Complementares de Diagnóstico (Centros de Radiologia e Laboratórios) e consultas de especialidades médicas, rapidamente implementou um Plano de contingência, encerrando por um período transitório Clínicas de referência nos concelhos e freguesias limítrofes.

Nesse sentido, já no dia 14/03/2020, foram suspensos/encerrados os serviços das Clínicas que consideramos de elevado risco, C.M.P. de Ovar que antevendo o isolamento coletivo, conseguimos mitigar a pandemia que se verificou dias mais tarde. Suspendemos igualmente o Instituto de Endoscopia Digestiva do Norte (Sta. Maria da Feira), Ecofeira (S. Maria da Feira), Gabinete de Radiologia de Azeméis (GRA-O.A.Z.) e Fisrt Clinics ( S.J.M. ) igualmente de elevado risco. Por último suspendemos 14 Delegações do Laboratório de Análises Clínicas C.M.P. pelas mesmas razoes. Garantimos porem os serviços telefónicos, nas clínicas encerradas, para esclarecimentos e remarcação de exames agendados.
Mantemos abertas as Clínicas do C.M.P. de S. João da Madeira (Laboratório de Analises Clínicas e Atendimento Médico Permanente incluindo atendimento a Sinistros e Enfermagem) C.M.P. de Vale de Cambra ( Laboratório de Análises Clínicas e Serviços de Enfermagem), C.M.P. de Arouca (Laboratório de Análises Clínicas e Serviços de Enfermagem), C.M.P. de Lobão ( Laboratório de Análises Clínicas e Serviços de Enfermagem) suspendendo os restantes exames e consultas de especialidade existentes até ao momento em cada unidade.
Foi transversal a vontade do Corpo Clínico das Clínicas C.M.P. colaborarem com o S.N.S. por requisição das Administrações Hospitalares no reforço das escalas de serviços. Por outro lado, sentimos necessidade de garantir a segurança dos Utentes e Profissionais de Saúde das Clínicas C.M.P. forçando o encerramento temporário, para reforço do Plano de Contingência que visa entre outros a aquisição de diversos equipamentos e material de proteção.
Já no seguimento do Plano de Contingência das Clínicas C.M.P. que visa a segurança de todos os Utentes e profissionais, implementamos medida tais como a medição da temperatura corporal no A.M.P., distanciamento de profissionais e utentes, reorganização dos lugares sentados, reforço de soluções de desinfeção alcoólica, reforço da higienização bactericidas e reformulação do fardamento com proteção biológica adicionando luvas e máscaras. Reforçamos o Stock de todos os materiais de proteção individual, garantido assim a continuidade dos serviços em total segurança.
Adicionalmente as Clínicas C.M.P. estão a promover a instalação de câmaras de medição de temperatura corporal, purificadores de ar com U.V., reforço de pontos de desinfeção e remoção de todos os materiais porosos que aumentem o risco de contágio.
Atualmente focamo-nos na avaliação da reabertura progressiva, de alguns serviços que, consideramos essenciais no tratamento e acompanhamento de Utentes com patologias crónicas, grávidas e crianças.

Consideramos essencial na nossa missão, continuar a apoiar estes utentes uma vez que os Cuidados Primários e Hospitalares estão centrados no apoio à pandemia do Coronavírus. Há data de hoje o Laboratório de Análises Clínicas do Centro Médico da Praça, em conjunto com a Associação Portuguesa de Análises Clínica (APAC ) e um Laboratório Espanhol de parâmetros raros, estuda a implementação de novas técnicas laboratoriais, tendo em vista o diagnóstico do Covid 19.

Pretendemos dentro de dias disponibilizar este teste, dependendo apenas da capacidade de produção dos fornecedores e da autorização da Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde – Infarmed. Constatamos naturalmente a prioridade no fornecimento ao S.N.S. que reconhecemos prioridade inequívoca.
A disponibilizar também muito em breve, o sistema de teleconsulta/online, com instalação de sistemas que permitirá uma consulta rápida sem o contacto directo com o utente. A Informação relativa a este sistema será anunciada nas redes sociais do C.M.P.

A Gerência do Grupo C.M.P. não deixa de destacar o que sempre considerou o “bem maior” e neste contexto agradece publicamente o empenho de resiliência de todos os colaboradores, que pelo seu empenho individual e colectivo nos faz mais fortes e unidos. Juntos resistiremos a esta pandemia Mundial, pretendendo reforçar a condição Humana e a Saúde de todos os Nossos Utentes.
Por tudo isto não alteramos a nosso compromisso – A Sua Saúde é a Nossa Prioridade.
Dirigimo-nos a todos os cidadãos solicitando que cumpram a quarentena, é um sacrifício que vai valer a pena.
Vamos Ficar Bem.

Dia Nacional do Doente Coronário

“Evitar o acidente vascular cerebral: um desejo e uma responsabilidade partilhada” (tema do ano de 2020)

Doença Coronária

A doença coronária, advém, na grande do processo de aterosclerose, na qual as gorduras se depositam ao longo dos anos nas paredes das artérias, acabando por formar um obstáculo, ao fluxo de sangue, num determinado órgão (coração ou cérebro, entre outros órgãos).
O aparecimento da doença coronária, dá-se por uma série de maus hábitos alimentares, efeitos tabágicos, sedentarismo, stress diário, obesidade, entre outros. Estes hábitos, são considerados fatores de risco para a aterosclerose, e a ela estão associados o nível alto de colesterol, a diabetes e ainda a hipertensão arterial.

Esta doença, pode manifestar-se por uma dor torácica passageira, resultante da falta de irrigação do miocárdio, ou por uma situação mais grave, o enfarte do miocárdio, em que este défice é mais prolongado.
Os fatores acima referidos, são aqueles onde devemos investir de modo a obtermos um maior e equilibrado estilo de vida.

É importante adotar um estilo de vida saudável, em que o nível de gorduras ingerido seja cada vez menor. É preponderante para o não aparecimento desta doença, deixar de fumar, assim como baixar os níveis da pressão arterial. O sedentarismo é outro fator de risco, que aumenta a probabilidade de contrair esta doença. É preciso, adotar um estilo de vida saudável, em que o nível de exercício físico seja de pelo menos 30 minutos diário.

Conhecer os principais sintomas do Enfarte Agudo do Miocárdio como dor no lado esquerdo do peito de forma de aperto, formigueiro no braço esquerdo, enjoos, náuseas, suores frios, controlo da ansiedade, pode salvar vidas.
A realização de exames médicos de rotina, também ajuda a prevenir o aparecimento desta doença.

Fontes:
SNS – Sistema Nacional de Saúde
DGS – Direção Geral de Saúde
INEM – Instituto Nacional de Emergência Médica

Dia Mundial da Hipertensão

Comemora-se, hoje dia 17 de maio, o Dia Mundial da Hipertensão. Responsável por ser a principal causa de morte prematura em todo o mundo, e em que 40% da população portuguesa é hipertensa, é imperativo divulgar a importância da prevenção, da deteção e do tratamento da hipertensão.

A pressão arterial (PA) é a força com que o sangue circula pelo interior das artérias do corpo. A hipertensão arterial (HTA) ocorre quando há um aumento da pressão exercida pelo sangue à sua passagem pelas artérias. A esta doença estão associadas várias causas, entre as quais a hereditariedade, os hábitos alimentares, hábitos tabágicos e alcoólicos e inclusive o stress que nos é imposto tanto na vida pessoal como na vida profissional.

A hipertensão arterial é uma doença silenciosa, a longo prazo que quando não é diagnosticada precocemente nem tratada atempadamente, podendo trazer consequências graves para o organismo e principalmente para os rins, o cérebro e o coração.

Prevenir e reduzir os valores da hipertensão arterial é possível. Deve adotar algumas alterações no estilo de vida, de modo a controlar da Hipertensão Arterial como para a sua saúde em geral.

1. Reduzir a ingestão de sal na alimentação é fulcral para baixar a hipertensão arterial. Leia, por favor, os rótulos das embalagens, substitua o sal por ervas aromáticas, por exemplo.
2. Adote uma dieta rica e equilibrada em legumes e alimentos ricos em fibras e potássio. Reduza a ingestão de alimentos pré-cozinhados, carnes vermelhas, queijos curados.
3. Pratique exercício de forma regular. Ao praticar 4 dias por semana, aproximadamente 30 min por dia, pode diminuir os valores da hipertensão arterial, os benefícios para a sua saúde e bem-estar vão melhorar, nomeadamente a qualidade de sono e a disposição, aumento da autoestima e da energia, controlo de peso, redução do risco de doenças cardiovasculares, diabetes e alguns tipos de cancro, etc.
4. Não descure a medicação, caso lhe tenha sido prescrita!
5. Deixe de fumar e corte na cafeína. Embora não afete todas as pessoas os valores da tensão arterial aumentam, pelo que convém não abusar no consumo destes.

Maio – Mês do Coração

Em Portugal, são diagnosticadas diariamente mais mortes por razões inerentes ao coração, não só devido ao sedentarismo mas também à acumulação de calorias/gorduras.

Neste mês de Maio, dedicado ao coração, inverta a sua situação se estiver neste caso. Enveredar por um estilo de vida mais saudável e desportivo são máximas que ouvimos diariamente mas nem sempre as adotamos mas se as cumprir diariamente a médio-longo prazo o seu corpo e a sua mente irão agradecer-lhe.

Alimentação

Comece por fazer alimentação variada, equilibrada e completa. Invista em leguminosas, peixe, carne branca e frutos secos. Habitue-se a tomar o seu pequeno-almoço em casa e coma fruta para intercalar as refeições.

Exercício Físico

Arranje tempo com os seus amigos para fazer caminhadas ao final do dia, inscreva-se num ginásio, mexa-se! O exercício físico combate o sedentarismo, e outras doenças graves como a diabetes, doenças cardiovasculares, como a hipertensão entre outros. A prática regular de desporto vai proporcionar-lhe o acréscimo de energia, bom humor e melhoria na capacidade cognitiva.

Conviva

A vida não é só trabalho, por isso, devemos separar o pessoal do profissional! Organize com os seus amigos, um jantar, cultive as suas amizades, porque de certeza já sentiu os benefícios que trazem a convivência com pessoas que lhe são queridas.

Vida Sexual

Os benefícios associados à prática sexual são muitos, como dormir melhor, diminuição do risco de enfarte, melhora o humor, entre outros. Se puder, tenha uma vida sexual ativa.

Não se esqueça que ao efetuar um diagnóstico precoce junto do seu médico cardiovascular e adotar um estilo de vida saudável diminuem o risco de contrair alguma doença do foro cardiovascular.

Dia Nacional da Prevenção e Segurança no Trabalho

Os riscos em ter um acidente de trabalho estão sempre presentes, em qualquer situação do quotidiano, sendo necessário identifica-los e lidar com eles diariamente. Todos os trabalhadores ativos têm o direito de viver e trabalhar em segurança.

“É acidente de trabalho aquele se verifique no local e no tempo de trabalho e produza direta ou indiretamente lesão corporal, perturbação funcional ou doença de que resulte na capacidade de trabalho, ou de ganho, ou a morte.”

As Clínicas Centro Médico da Praça dispõem de um departamento de Segurança, Higiene no Trabalho, o qual tem como uma das principais funções, avaliar, evitar e prevenir todos os riscos associados à atividade profissional que cada pessoa desempenha na sua vida laboral.

Dispomos ainda de um serviço de urgência, o qual também realiza atendimento aos sinistrados, permitindo não só dar uma resposta mais célere às empresas, como também a todas as companhias de seguros, com quem temos seguros de acidentes de trabalho e de saúde.